Em Manacapuru, Governo do Amazonas incentiva cultura do guaraná em visita técnica do Idam

 

Em Manacapuru, Governo do Amazonas incentiva cultura do guaraná em visita técnica do Idam

 


 

 

Ação tem a participação da Embrapa, Comapem e Sistema OCB/AM

 

O Governo do Amazonas, por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), leva novos conhecimentos aos produtores rurais da região metropolitana de Manaus. Na quinta-feira (17/11), extensionistas rurais realizarão uma visita técnica com Demonstrações de Métodos, sobre técnicas de colheita na cultura do guaraná, em ação na fazenda Manancial, localizada no quilômetro 69, da rodovia AM-070, Ramal do Acajatuba quilômetro 4, Ramal do Branco quilômetro 2, zona rural de Manacapuru, a partir das 8h.

 

As atividades serão conduzidas pelos técnicos e extensionistas rurais do Idam, Embrapa, pela agricultora familiar e proprietária do imóvel, Eliana Medeiros do Carmo, com o apoio da Cooperativa Mista Agropecuária de Manacapuru (Comapem) e do Sistema da Organização das Cooperativas do Brasil – Amazonas (OCB/AM).

 

A iniciativa da ação do Idam, voltada para esta cultura neste período, surgiu durante a 1ª Feira do Cooperativismo do Amazonas (Fecoop/AM), realizada de 4 a 6 de novembro deste ano, como explica o diretor-presidente do instituto, Daniel Borges.

 

“Nós pudemos ouvir as demandas dos participantes durante a Fecoop e, agora, vamos começar a executar as ações que combinamos para incentivar e fortalecer a cadeia produtiva do guaraná, levando capacitação e técnicas para os produtores”, afirmou.

 

Durante a ação, de acordo com o engenheiro agrônomo e gerente de Capacitação e Metodologia de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) do Idam, Pedro Chaves da Silva, técnicos extensionistas irão usar métodos para incentivar os agricultores no uso de técnicas adequadas para o aumento da produção, da produtividade e da qualidade do produto.

 

“O Idam tem intensificado os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), voltados para o fortalecimento da cadeia produtiva do guaraná no Amazonas, com foco na revitalização e ampliação das áreas de cultivo com uso de cultivares de boa genética e produtivas”, concluiu Chaves.

 

Além da visita técnica, a demonstração de método de ATER propicia a utilização de uma técnica conhecida e comprovada, para desenvolver habilidades praticando o método.

 

Guaraná da Amazônia

 

A cultura do guaraná (Paullinia Cupana) é uma planta lianescente, pertencente à família sapindaceae, originário da região amazônica. É uma cultura perene (plantas que possuem ciclo de desenvolvimento acima de dois anos); sua produção inicia aos três anos e segue produzindo até vinte anos.

 

FOTOS: Antônio Barros Jr/Idam

Postar um comentário

0 Comentários