Em Caapiranga, Idam orienta associação de Nova Esperança para direcionamentos técnicos e regularização

 

Em Caapiranga, Idam orienta associação de Nova Esperança para direcionamentos técnicos e regularização

 




 

 

Associação encontra-se irregular e os técnicos do Idam já trabalham para assegurar sua regularização

 

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) tem atuado junto à Associação União com Desenvolvimento Sustentável Nova Esperança, em Caapiranga (distante 134 quilômetros de Manaus), para garantir a regularização e apoiar o desenvolvimento da associação e dos membros associados. A iniciativa faz parte do programa Regulariza + Organizações Agro, criado em 2022, para auxiliar as cooperativas e associações de produtores rurais.

 

“Através do programa Regulariza + Organizações Agro, as unidades locais do Idam estão realizando um trabalho de regularização com as organizações de produtores do Amazonas. E Caapiranga já abriu o ano de 2023 levando este trabalho à Associação União com Desenvolvimento Sustável Nova Esperança”, delineou a coordenadora da Gerência de Apoio à Organização de Produtores (Georp), Joyce Magalhães.

 

A ação mais recente, realizada no dia 13 de janeiro, reuniu associados e técnicos do Idam, com as orientações de especialistas da Georp, para repassar direcionamentos e auxiliar na regularização e votação para definir o novo presidente. Ao todo, 30 sócios participaram da reunião.

 

Conforme explicou Joyce, a associação encontra-se inapta e, portanto, sem acesso às políticas públicas como Fundo de Promoção Social (FPS). O objetivo do Idam é regularizar a entidade para que ela possa usufruir desses benefícios e desenvolver-se de forma a trazer mais renda e estabilidade aos membros associados.

 

“Nós nos reunimos com 30 sócios da associação de Nova Esperança para que pudéssemos repassar orientações técnicas. Explicamos sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR), Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e crédito rural, bem como a importância de associação estar regularizada para que eles possam participar dos programas sociais e adquirir sementes e mudas”, disse o gerente da unidade local do Idam em Caapiranga, Herley Dilahar.

 

Ainda conforme Dilahar, o Idam se comprometeu a atuar junto à organização para que seus membros possam adquirir recursos e resultados.

 

FOTOS: Divulgação / Idam

Postar um comentário

0 Comentários