Governo do Amazonas conclui reforma da orla do município de Maraã

 

Governo do Amazonas conclui reforma da orla do município de Maraã

 


 

Espaço está pronto para ser utilizado pela população

 

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), concluiu a obra de reforma da orla da sede do município de Maraã (distante 634 quilômetros da capital).

 

Com investimento de R$ 1 milhão, foram realizados serviços de reforma de uma praça e das lanchonetes situadas na orla do município, além da construção de uma academia ao ar livre, que dispõe de seis aparelhos próprios para a prática de exercícios físicos, como remador e exercitador de perna, dentre outros.

 

Ao todo, quatro unidades de lanchonetes receberam reforma do piso, troca de louças e metais, troca do telhado com telhas cerâmica e aplicação de resina acrílica; pintura das paredes com tinta látex; troca de janelas basculantes, portas e esquadrias; colocação de portas de aço de enrolar, com pintura anticorrosiva; e a troca das luminárias externas que passaram a ser em LED.

 

A obra incluiu ainda a reforma das instalações elétricas e hidrossanitárias, reforma dos ladrilhos hidráulicos, piso cimentado, colocação de 12 bancos em metal e madeira, 12 lixeiras e rampas de acesso para pessoas com dificuldade de locomoção.

 


 

 

A reforma envolveu uma área total de 9.867 m², dos quais 2.750 m² são de piso. De acordo com o setor de fiscalização da Seinfra, o espaço está pronto para utilização por parte da população local.

 

O secretário de Infraestrutura do Estado, Carlos Henrique Lima, aponta que a obra levará benefícios para toda a comunidade. “Com a conclusão dos serviços na Orla, a população terá mais uma opção de lazer segura para toda a família, além de poder usar o espaço para a prática de atividades físicas, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida”, explicou.

 

Situado na calha do Médio Solimões, o município de Maraã conta atualmente com uma população de 18.298 habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referentes a 2021.

 

Postar um comentário

0 Comentários