Wilson Lima anuncia reassentamento de mais 200 famílias afetadas pela chuva

 Wilson Lima anuncia reassentamento de mais 200 famílias afetadas pela chuva 





Governador acompanhou o ministro Waldez Góes e a ministra Marina Silva em visita a áreas atingidas por inundações no último sábado

O governador Wilson Lima anunciou, neste domingo (26/03), que vai reassentar, na semana que inicia, cerca de 200 famílias de áreas atingidas pelas fortes chuvas do último sábado. O anúncio foi feito durante visita dos ministros da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, a áreas afetadas nas zonas sul e leste da cidade.

Na ocasião, Wilson destacou a união dos governos federal, estadual e municipal para dar uma resposta aos problemas e adiantou que vai ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em busca de apoio para acelerar as etapas do Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+).

“A gente já reassentou 266 famílias. Amanhã estou indo a Brasília para ter uma conversa com o BID para que a gente possa acelerar os procedimentos de reassentamento dessas famílias e a nossa expectativa é que na terça-feira a gente já possa tirar 200 famílias dali e, até o final deste primeiro semestre, tirar todas as famílias que estão nessa área alagada”, disse Wilson Lima.

*Apoio às famílias*

O governador destacou, ainda, que as famílias afetadas pelas fortes chuvas deste fim de semana estão recebendo apoio do Estado e da Prefeitura de Manaus com itens de primeira necessidade. 

Ele reforçou que a presença do ministro Waldez Góes e da ministra Marina Silva ajudará a construir, com o Governo Federal, ações para resolver, de forma definitiva, a situação de moradias em áreas de risco, como a homologação de Estado de Emergência e Situação de Calamidade para avançar com projetos da prefeitura e do governo nesse sentido.

Além dos ministros e do governador, outras autoridades, como o prefeito de Manaus, David Almeida, senadores, deputados estaduais e federais, vereadores e gestores públicos também estiveram presentes nas visitas que ocorreram às comunidades da Sharp, no bairro Armando Mendes e Pingo D’água, bairro Jorge Teixeira.
 

 

*Ajuda humanitária*

Segundo Waldez Góes, o Governo Federal já executa um plano de ajuda humanitária para Manaus, com materiais de higiene e uso pessoal, e atuará em um Plano de reconstrução para áreas atingidas pela calamidade como a do bairro Jorge Teixeira.

“A primeira mensagem que eu quero registrar aqui do presidente Lula, na minha pessoa e da ministra Marina, é de apoio integral à população sofrida por esses ocorridos, por esses desastres”, declarou o ministro da Integração.

Já Marina Silva disse que o Governo Federal estuda decretar emergência climática permanente em mais mil cidades brasileiras e destacou que a união entre União, estados e municípios é muito necessária.

“Esse trabalho conjunto é uma sinalização que a gente precisa criar uma dinâmica diferente, como disse o ministro Waldez, imediatamente reconhecendo o estado de emergência, você toma as atitudes emergenciais. A ajuda humanitária vem primeiro, depois vem os projetos técnicos, para a parte de reconstrução”, explicou a ministra do Meio Ambiente.

*Força-tarefa* 

Por determinação do governador Wilson Lima, uma força-tarefa do Governo do Amazonas, reunindo diversas secretarias, acompanha e atende as famílias desabrigadas pelas chuvas do sábado (25/3), na Comunidade da Sharp, zona leste de Manaus, e na Manaus 2000, zona sul da capital.

Um abrigo temporário foi montado pela Sejusc na igreja  Sagrada Família da área missionária de Cáritas, no bairro Japiim, zona sul. No local, estão 20 pessoas abrigadas. Na Escola Estadual Isaac Sverner, no bairro São José, zona Leste, 51 adultos e 24 crianças, que residiam em uma área de igarapé que foi inundada, foram abrigados na manhã deste domingo,

Na Escola Municipal Aristóteles Conte de Alencar, no bairro Armando Mendes, zona Leste, cerca de 129 pessoas, entre adultos e crianças estão abrigadas. A força-tarefa de órgãos estaduais  proveu de alimentação, colchões, lençóis, itens de higiene pessoal, roupas, remédios, entre outros itens.

*FOTOS*: Diego Peres - Lucas Silva e Alex Pazuello/ Secom

Postar um comentário

0 Comentários