Operação do Detran Amazonas retira de circulação 40 motocicletas envolvidas em “rolezinho”

 

Operação do Detran Amazonas retira de circulação 40 motocicletas envolvidas em “rolezinho”

 


 

Os veículos possuíam restrição de roubo, adulteração do sinal identificador e estavam sem placa

 

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), por meio da equipe de Fiscalização, deflagrou operação na noite desta terça-feira (23/05) e madrugada desta quarta-feira (24/05), com o objetivo de coibir a prática do “rolezinho” e do “grau”, que aconteceria em uma via pública, na zona leste de Manaus.

Na oportunidade, foram retiradas de circulação 40 motocicletas com diversas irregularidades, dentre elas: restrição de roubo, falta de placa e adulteração do sinal de identificação.

A operação, que contou com apoio da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), também identificou que os veículos estavam praticando o “grau”, ato de empinar a motocicleta de modo a deixar a roda dianteira no alto, colocando em risco a segurança viária.

Segundo o diretor-presidente do Detran Amazonas, Rodrigo de Sá, esse tipo de operação continuará sendo colocada em prática, conforme determinação do governador do Estado, Wilson Lima.

“O governador determinou que mantenhamos as vias seguras. Os “rolezinhos” e os “graus” colocam em risco a vida não apenas daqueles que estão na condução do veículo, mas de quem trafega pelas ruas e avenidas. Nossa função é preservar vidas e coibir todo e qualquer ato que possa a vir causar danos e mortes. Esse tipo de atitude não será mais tolerada, e vamos continuar preservando a paz e o sossego da nossa população”, afirma ele.

Conforme o coordenador da Fiscalização do Detran-AM, Arthur Cruz, ao desarticular o “rolezinho” e o “grau”, os integrantes tentaram atentar contra a integridade física dos agentes, jogando motocicletas contra os membros da equipe.

 


 

“Todos estavam disputando corrida em uma via da zona leste da cidade, e realizando manobras perigosas em alta velocidade. Ao coibirmos a ação, os envolvidos avançaram com as motocicletas contra os nossos agentes, mas logo em seguida abandonaram as motos e empreenderam fuga”, explica.

Por se tratarem de veículos com irregularidades gravíssimas como receptação de motocicleta roubada e adulteração de sinal identificador, os envolvidos podem ser presos em flagrante delito.

FOTOS: Isaque Ramos/ Detran-AM

Postar um comentário

0 Comentários