Procon-AM inicia fiscalização nos postos de combustíveis de Manaus após o aumento de preço

 

Procon-AM inicia fiscalização nos postos de combustíveis de Manaus após o aumento de preço 

 


 

  O valor de R$ 5,99 ficou congelado por um mês, mesmo com a refinaria anunciando consecutivas reduções 

 

 

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) iniciou, nesta segunda-feira (03/07), fiscalizações nos Postos de combustíveis na capital amazonense. Após o anúncio da redução de R$ 0,22 no preço do litro da gasolina na Refinaria da Amazônia (Ream), os postos de combustíveis de Manaus elevaram o combustível de R$ 5,99 para R$ 6,29. O aumento ocorreu na última sexta-feira (30/06). 

 

Segundo o diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe, o retorno da cobrança de tributos federais também impactaram os valores no mercado. E informa que o Procon-AM inicia mais uma fiscalização para apurar o aumento nos preços na bomba.

 

"O preço final dos combustíveis para o consumidor não é definido pela Ream. O valor praticado nas bombas é afetado por outros fatores, como retorno dos tributos federais, margem de lucro da distribuição e dos postos revendedores, além de outros fatores", informa Fraxe. 

 

O Procon-AM irá fiscalizar os postos de combustível que já fazem parte da ‘rota do combustível’ realizada semanalmente pelo Instituto e que intensificará e ampliará os números de postos. “As fiscalizações iniciaram hoje (segunda-feira) e não terá data para terminar. O objetivo do Procon-AM é fazer valer o direito do consumidor amazonense”, afirma Fraxe. 

  

Denúncia

O Procon-AM está aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, na Av. André Araújo, 1500 – Aleixo para atender a população e receber as denúncias, ou via telefone 0800 092 1512/ 3215 4009. Ou através do site www.procon.am.gov.br e e-mail: fiscalizacaoprocon@procon.am.gov.br. 



FOTOS: João Pedro/Procon-AM

Postar um comentário

0 Comentários