Polícia Civil prende indivíduo por furto qualificado utilizando dispositivo ‘Chapolin’ ocorrido em Manacapuru

 

Polícia Civil prende indivíduo por furto qualificado utilizando dispositivo ‘Chapolin’ ocorrido em Manacapuru

 


 

Vítima teve veículo invadido, de onde foi roubada uma bolsa que estava com uma pistola calibre 9 milímetros e 60 munições

 


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), prendeu, nesta sexta-feira (04/08), por volta das 7h, Johnnys Bernardo de Souza, 35, conhecido como “Neymar”, por furto qualificado mediante fraude com uso do dispositivo ‘Chapolin’. O crime ocorreu no dia 17 de junho deste ano, em frente a uma agência bancária no Boulevard Pedro Ratis, bairro Centro, naquele município.

 

Conforme o delegado Rafael Allemand, titular da DIP de Manacapuru, na ocasião do crime, Johnnys e seu comparsa Marcos Henrique das Chagas da Silva Salomão, 22, que já está preso, avistaram o carro parado no local e aproveitaram a ocasião para subtrair uma bolsa que estava com uma pistola calibre 9 milímetros e 60 munições no interior do veículo.

 

“Foi verificado que os infratores utilizaram o dispositivo ‘Chapolin’, que embaralha os sinais eletromagnéticos do alarme e impede que os veículos sejam trancados. Com a identificação de Johnnys, foi representada à Justiça pela sua prisão preventiva, e a ordem judicial foi decretada pela 2ª Vara de Execução Penal”, relatou Allemand.

 

Segundo a autoridade policial, após constantes diligências, o indivíduo foi localizado e preso nesta sexta-feira, no distrito de Cacau Pirêra, município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). Na delegacia, foi cumprido outro mandado de prisão em nome dele, pelo crime de roubo, decretado em 2017.

O comparsa dele, Marcos Henrique das Chagas da Silva Salomão, 22, foi preso no dia 9 de julho deste ano, pela Polícia Militar do Amazonas (PMAM), no bairro Centro, zona sul de Manaus. Com ele foi apreendida a motocicleta utilizada na ação criminosa.

 

Procedimentos

 

Johnnys Bernardo responderá por furto qualificado mediante fraude. Ele passará por audiência de custódia e ficará à disposição do Poder Judiciário.

 


FOTO: Erlon Rodrigues/PC-AM.

Postar um comentário

0 Comentários