Presidente Roberto Cidade presta contas de sua gestão na presidência da Aleam e de sua atuação parlamentar

 

Presidente Roberto Cidade presta contas de sua gestão na presidência da Aleam e de sua atuação parlamentar




Ao finalizar mais um ano de atividade parlamentar, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade (UB), deu início a uma série de entrevistas de prestação de contas. Nesta sexta-feira, 22/12, o deputado esteve na Rede Amazônica para falar da sua atuação enquanto presidente do Legislativo Estadual e do seu mandato.

Em participação no programa Bom Dia Amazônia, Cidade falou sobre alguns dos principais desafios enfrentados pela 20ª Legislatura da Aleam, tais como a defesa da manutenção da BR-319 e os impactos da Reforma Tributária para o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM).

"Tivemos, no início desta Legislatura, alguns desafios importantes, mas considero que conseguimos superar os principais deles. A estiagem foi um grande problema e isso deve impactar diretamente na receita do Estado. Por outro lado tivemos os ganhos mantidos com a aprovação do texto da Reforma Tributária. Os incentivos do modelo ZFM estão mantidos e esse é um tema que une a todos, Executivo e Legislativo, de todas as esferas. Considero que tivemos importantes ganhos em 2023", afirmou.

O parlamentar também falou de uma pauta que une todos os amazonenses: a pavimentação da rodovia BR-319. “Esse é um assunto que defendo desde o início do meu mandato, quando assumi a Comissão de Transporte, Trânsito e Mobilidade da Aleam. E este ano, a nossa luta foi intensificada, tanto nas cobranças ao DNIT com relação à recuperação das pontes que desabaram, como quando precisamos nos posicionar diante da ministra Marina Silva que, mais uma vez, mostrou seu pensamento equivocado sobre a estrada”, continuou.

Cidade falou ainda sobre a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA) e dos empréstimos aprovados pela Assembleia Legislativa em favor do Governo do Amazonas. O presidente reforçou que, com esclarecimentos e diálogo, a ampla maioria dos deputados entendeu a necessidade dos empréstimos, com a certeza de que o governo tem condições de honrá-los.

"O orçamento do Estado em 2024 terá como prioridade a saúde, mas dedicará atenção especial também à educação, à segurança pública e à infraestrutura. Os técnicos do Estado fizeram os esclarecimentos necessários aos parlamentares e nós aprovamos os empréstimos. A Assembleia Legislativa do Amazonas trabalha para ajudar no desenvolvimento do Estado e nos investimentos para a melhoria da vida dos amazonenses", destacou.

Postar um comentário

0 Comentários