Wilson Lima preside reunião do Codam que aprovou R$ 1,3 bilhão em projetos e mais de 2 mil novos empregos

 

Wilson Lima preside reunião do Codam que aprovou R$ 1,3 bilhão em projetos e mais de 2 mil novos empregos

 


 

 

Na última reunião do conselho deste ano, governador destacou a aprovação de 257 projetos em 2023, com mais de 8 mil novos empregos


 

O governador Wilson Lima presidiu, nesta quinta-feira (14/12), a 305ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), na qual foram aprovados 56 projetos com investimentos estimados em mais de R$ 1,3 bilhão e que irão gerar mais 2,1 mil empregos nos próximos três anos.

 

Na sexta e última reunião deste ano, Wilson Lima também apresentou o balanço do Codam de 2023, que contabiliza 257 projetos aprovados para o Polo Industrial de Manaus (PIM), a maior quantidade nos últimos 10 anos, com investimentos de mais de R$ 5 bilhões e 8,2 mil novos postos de trabalho na Zona Franca de Manaus.

 

“Apesar da dificuldade que a gente enfrentou esse ano, a gente fecha com números muito positivos. Hoje é uma consagração do resultado do empenho e do esforço tanto do governo, de servidores do Governo do Estado, da Suframa, e também da força produtiva dos trabalhadores e daqueles que investem no modelo Zona Franca de Manaus“, destacou o governador Wilson Lima.

 

Segundo a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), do total de 56 projetos aprovados hoje, 21 são de implantação, 33 de diversificação e dois de atualização.

 

A reunião do Conselho foi realizada no auditório da sede do Governo do Amazonas, zona oeste de Manaus, e contou com a presença do vice-governador Tadeu de Souza; de secretários estaduais como Serafim Corrêa (Sedecti); Alex Del Giglio (Fazenda); Daniel Borges (Produção Rural); do vice-presidente da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo; e de representantes de entidades do comércio e empresários do Polo Industrial de Manaus.

 

“A partir de janeiro essas empresas começam a trabalhar na implantação desses projetos. Isso tem emprego na construção civil, isso tem emprego em novas aquisições e vai permitir a melhora da nossa economia. As perspectivas para 2024 são muito boas e nós esperamos que seja o melhor ano dos últimos anos. É a serenidade e o equilíbrio do governador Wilson Lima na condução do Amazonas no momento de uma crise muito exacerbada pela seca”, afirmou o secretário Serafim Corrêa.

 

Com a aprovação dos projetos pelo Codam, as empresas estão habilitadas para usufruir dos incentivos fiscais do Estado relacionados ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

 

Projetos em destaque

 

Nesta 305ª reunião, um dos destaques é o projeto de implantação da Flextrônics International da Amazônia Ltda para fabricação de placa de circuito impresso montada (uso em informática) e placa de circuito montada para áudio e vídeo, com investimento de R$ 783 milhões.

 

Outro projeto em destaque é da Amazon Indústria de Alumínio Ltda, com investimento de cerca de R$ 110 milhões para o produto de ligas de alumínio. Há ainda o investimento de R$ 37 milhões da empresa HI-MIX Amazônia S/A em projeto de implantação para a fabricação de placa de circuito impresso montada (uso em informática).

 

A Digitron da Amazônia indústria e Comércio S.A. também teve projeto de diversificação aprovado para fabricação de televisor em cores com tela de cristal líquido, com investimento de R$ 40 milhões. A empresa Garen da Amazônia Indústria e Comércio de Produtos Eletrônicos Ltda também é destaque com projeto de implantação de R$ 33 milhões para produtos de segurança.

 

Em números

 

Durante a reunião do Codam, foram apresentados números positivos da economia do estado, como o número de empregos formais em áreas como comércio, indústria e serviço, que chegam a 497,2 mil. Só a Zona Franca tem a média anual de emprego de 112 mil, chegando a 113,5 mil em setembro.

 

O faturamento do Polo Industrial, de janeiro a setembro, foi de U$ 26,1 bilhões de dólares, 0,93% maior que o mesmo período de 2022, quando acumulava U$ 25,9 bilhões. Entre os principais produtos fabricados estão motocicletas (14%); televisores (12,2%) e celulares (8,7%).

 

Entre os 257 projetos aprovados durante as reuniões do Codam deste ano, esteve a proposta da Yamaha Motor Componentes da Amazônia, que apresentou projetos de atualização com investimento de R$ 101,3 milhões e 86 novos postos de trabalho.

 

A Cal-Comp também teve destaque com projetos de câmera de vídeo para sistema de segurança, modulador para comunicação de dados por rede óptica e distribuidor de conexões para rede “switch” com investimento de R$ 363 milhões.


 

FOTOS: Diego Peres e Alex Pazuello / Secom



Postar um comentário

0 Comentários